Prefeitura Municipal de Bandeirantes - Paraná

Sem aumento e com 10% de desconto à vista, IPTU 2017 começou a ser distribuído

E-mail Imprimir PDF
PMB
“O IPTU é a nossa principal fonte de arrecadação livre. E, este ano, novamente não houve alteração em seus valores. Continuam os mesmos. Acreditamos que o IPTU de Bandeirantes, em municípios paranaenses proporcionalmente, deva ser o mais barato. Além disso, o cidadão que paga seu IPTU e as taxas municipais, tem a garantia de retorno destes recursos em serviços públicos de qualidade, seja na saúde, educação, infraestrutura e outros”, defendeu o secretário da Fazenda, Eustáquio Magalhães Trindade.

Segundo o secretário, a distribuição dos carnês do IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano) de 2017 está sendo realizada em convênio com o Correios. Entretanto, o contribuinte que não receber seu carnê na residência ou no seu comércio, é preciso que o cidadão procure o Setor da Receita da Prefeitura e retire o documento para efetuar pagamento do tributo nas casas lotéricas. O mesmo vale para os proprietários de terrenos. "Os proprietários de terrenos devem, impreterivelmente, retirar o carnê do IPTU no balcão do Setor da Receita da Prefeitura", informou. Outras taxas voltadas para o setor do comércio, como de alguns alvarás e da Vigilância Sanitária, estes também devem ser retirados no balcão.

A média de recursos anualmente arrecadados, somente com o IPTU, atinge o montante de R$ 1,2 milhão. Contudo, os valores de inadimplentes ultrapassam a R$ 5 milhões em débitos. E o secretário da Fazenda alerta: o não pagamento do imposto e das taxas, o contribuinte será acionado junto ao Cartório de Protestos. “Infelizmente teremos que tomar essas medidas, pois são verbas que poderiam estar sendo aplicadas nos diversos setores e serviços públicos, atendendo toda a população”, argumentou e solicitou aos contribuintes para não deixarem de honrar seus compromissos com a municipalidade. “O IPTU é a principal fonte de imposto municipal e a mais importante para o desenvolvimento da população local. Os recursos são fundamentais para investimentos em obras e, mesmo que os percentuais que a lei preceitua em 15% para a saúde e 25% para a educação, o Município tem aplicado bem acima do que é determinado, pois o prefeito Lino Martins reconhece que a demanda é superior e há a necessidade de atender a coletividade. Além destes percentuais obrigatórios ainda é preciso ter capacidade de investimento para as outras áreas de serviços básicos”, enfatizou.

PMB

PAGAMENTO – Contribuintes que efetuarem pagamento até o dia 17 de abril, terão desconto de 10% à vista. Ou se preferirem, poderão parcelar em 08 (oito) vezes de igual valor com vencimentos em 17 de abril, 15 de maio, 16 de junho, 17 de julho, 15 de agosto, 15 de setembro, 16 de outubro e 16 de novembro de 2017. “Porém, em parcelas, o contribuinte não será beneficiado com desconto, este que é somente para pagamento em conta única”, informou Eustáquio.

 
Navegando em: Principal
PMB

Últimos Atos Oficiais

Mais clicadas