Prefeitura Municipal de Bandeirantes - Paraná

Moradores devem ficar atentos quanto a autorização para podas de árvores

E-mail Imprimir PDF
PMBA Prefeitura de Bandeirantes, através da Secretaria do Meio Ambiente e Promab (Projeto de Mobilização Ambiental de Bandeirantes), deu início neste mês ao processo de regulamentação para podas de árvores na zona urbana do Município e também calendário de recolhimento de galhos.
 
O solicitante, munido de documento de identificação, deve procurar a Secretaria do Meio Ambiente e requerer a autorização para a poda, que é emitido no ato e é gratuito. Duas guias serão lançadas, sendo que uma ficará com o morador para fins de apresentação ao podador, e a outra na Secretaria, para cadastro e mapeamento. O corte irregular das árvores (podas drásticas) pode gerar multa de até R$ 10.500,00 ao morador e o podador também é punido.
 
A diretora do Promab, Conceição Cesco, destacou que uma força tarefa de fiscalização foi montada, inclusive com a participação de agentes do IAP (Instituto Ambiental do Paraná). “Observamos que no último mês, período que antecedia ao início da regulamentação, houve uma guerra contra as árvores, uma ‘sangria’ de cortes irregulares de árvores em diversos pontos da cidade. O IAP esteve vistoriando o Município e também apontou os fatos. Estamos atentos ao o que ocorreu, podem ter certeza”, enfatizou. Segundo Conceição, credita-se que tais atitudes foram feitas durante a madrugada e por pessoas que não estão cadastradas no sistema da Secretaria do Meio Ambiente. “Vale reforçar e alertar o morador que tenha cuidado ao contratar o serviço de podas com aqueles que não estão cadastrados na Secretaria. Temos mais de 80 podadores cadastrados aqui conosco que estão devidamente treinados, aptos e capacitados para realizar o serviço correto de poda”, ressaltou.
 
PODA DRÁSTICA - A poda drástica consiste na retirada de todos os galhos verdes da copa da planta, um rebaixamento radical feito sem qualquer critério técnico, sendo que em alguns casos, nem mesmo os troncos são poupados. Essa medida, portanto, não é a mais indicada e não reverte no benefício esperado. Pelo menos 30% das árvores podadas morrem já no primeiro ano, o que ocorre gradativamente. “Não queremos penalizar ninguém, pedimos o bom senso, colaboração dos moradores e dos podadores, pois nossa cidade está carente de árvores, já que houve crescimento desordenado, sem planejamento e sem reposição arbórea”, apelou o secretário do Meio Ambiente, Fernando Comegno.
 
SUBSTITUIÇÃO - Em casos de árvores que possam estar comprometidas, o morador deve contatar a Secretaria do Meio Ambiente para que os técnicos possam avaliar a saúde da planta. Segundo o prefeito Celso Silva, até o momento, mais de três mil mudas de diversas espécies foram plantadas no Município. “A nossa gestão plantou mais de três mil mudas de diversas espécies, mas infelizmente ainda existem pessoas que não respeitam o meio ambiente. E essa regulamentação será um divisor de águas para despertar nos bandeirantenses um sentimento de amor e respeito ao próximo”, destacou.
 
Navegando em: Principal Promab Moradores devem ficar atentos quanto a autorização para podas de árvores
PMB

Últimos Atos Oficiais

Mais clicadas