Programa Cozinha Comunitária começa a funcionar em Bandeirantes

Assistência Social - Quarta-feira, 03 de Junho de 2020


Programa Cozinha Comunitária começa a funcionar em Bandeirantes

Deu início o funcionamento esta semana, a Cozinha Comunitária de Bandeirantes. O programa foi desenvolvido em parceria entre Prefeitura de Bandeirantes e Governo do Paraná, através da SEAB (Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento. Segundo a secretária da Educação e Cultura, Valquíria Bonacini Martins, devido a situação pandêmica da Covid-19, neste momento, serão fornecidas marmitas para as famílias em situação de vulnerabilidade social.

“Por causa da situação com o novo Coronavírus, todo o cenário e situação mudou. Tivemos que alterar e readequar todo o programa para que pudéssemos colocar em prática. Como é expressamente proibido aglomerações, a opção é o atendimento desta forma aos alunos e suas famílias”, explicou Valquiria. Nesta semana, com as merendeira e zeladoras das escolas e CMEIs (Centros Municipais de Educação Infantil) já entraram em treinamento ao prepararem média de 100 marmitas diárias que são entregues no período das 17h às 18h. “Segunda, quarta e sexta estas marmitas são direcionadas às famílias dos alunos devidamente cadastradas. A escolha pela refeição jantar foi justamente porque temos um número maior de voluntárias na parte da tarde e também, principalmente, é muito mais difícil dormir com fome”, argumentou. Já nas terças e quintas, haverá na Cozinha Comunitária o ‘Sopão’, alimentação disponível para as famílias e pessoas em vulnerabilidade social da comunidade que estão cadastradas na Secretaria de Assistência Social.

Conforme Valquíria, o programa original Cozinha Comunitária é para o atendimento no ambiente local com capacidade para 100 pessoas. O público alvo é voltado para as crianças que participam de projetos educacionais, idosos dos programas sociais e pessoas que necessitam de assistência social. “É importante lembrar que toda a alimentação é balanceada nutricionalmente, pois temos uma equipe de profissionais de nutrição que nos acompanham”, reforçou.

Além da aquisição dos produtos feita na modalidade de licitação pública pela Prefeitura, a secretária da Educação também comentou que muitos comerciantes, voluntários e produtores desejam colaborar e realizar doações. Ela informou que poderão ser feitos onde possui um livro registro com nome do doador. “Será muito bem vindo toda doação, pois neste momento, há muitas pessoas precisando de alimentação saudável. Temos local para preparar, equipe e voluntários para preparar. E quanto mais alimentos chegar, mais poderemos atender. Desde que, evitemos aglomeração de pessoas neste momento de pandemia. Portanto, peço que as pessoas procurem a Secretaria de Ação Social e se cadastrem para que possamos organizar e atender o maior número possível de pessoas e famílias”, destacou Valquíria.

 

Fonte: Folha do Norte Paranaense

Prefeitura Municipal de Bandeirantes


Estado do Paraná