Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Libras
Atalhos
Acesso à informação
Acesso à informação
Libras
Mapa do Site

Bandeirantes, quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024 Telefone (43) 3542-4779 / 4525

Atendimento Atendimento: De Segunda a Sexta das 7:30 às 11:30 e das 13:00 às 17:00 Horas

Terç
20/02
Chuva
Máx 30 °C
Min 20 °C
Índice UV
13.0
Quar
21/02
Parcialmente Nublado
Máx 29 °C
Min 21 °C
Índice UV
13.0
Quin
22/02
Parcialmente Nublado
Máx 32 °C
Min 19 °C
Índice UV
13.0
Sext
23/02
Parcialmente Nublado
Máx 33 °C
Min 21 °C
Índice UV
13.0

SAAE - Segunda-feira, 20 de Março de 2023

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

José Fernandes da Silva Neto assume direção do SAAE

Equipes do SAAE continuam trabalhando incessantemente mesmo após as violentas chuvas dos dias 05 e 12 de março para sanar os danos.


José Fernandes da Silva Neto assume direção do SAAE

BANDEIRANTES - As imagens das fortes chuvas que caíram sobre Bandeirantes nos dias 05 e 12 deste mês ainda estão vivas nas mentes dos munícipes, e não seria para menos, visto o rastro dos estragos ainda existirem. Os danos não foram maiores graças ao empenho dos funcionários públicos que compuseram uma Força Tarefa para ajudar a população diretamente afetada e que viveu momentos de horror naqueles dois domingos.

Na esteira da ajuda e do humanismo, destacam-se as equipes do SAAE, que no dia 05 foram os primeiros a comparecer nos locais das enchentes, por volta das 4h da manhã, quando receberam alerta da Defesa Civil. Munidos de maquinários, pessoas e muito boa vontade, as equipes trabalharam por, aproximadamente, 19 horas ininterruptas, realizando revezamento entre os funcionários. As equipes foram coordenadas de maneira incrivelmente precisa, auxiliando as vítimas naquele momento que pode ser comparado a um pesadelo.

 

Pesadelos além das enchentes.

Com o elevado volume de águas, as máquinas e bombas foram afetadas. No dia das enchentes a distribuição de água teve que ser interrompida para manutenção; a decisão foi tomada rapidamente, zelando sempre pela saúde da população. Testes foram realizados à exaustão no mesmo dia, para dar a certeza da segurança da água. O trabalho ágil permitiu que o sistema de distribuição de água no município fosse retomado no mesmo dia. Entretanto, em algumas regiões, as bombas sofreram danos e o abastecimento não pode retornar, é o caso da Vila Bela Vista, onde o posto estava alagado. Jardim Primavera sofreu danos severos logo em seguida. Durante a semana o sistema de esgoto passou por limpezas e reparos de locais danificados; a manutenção é extensa e acaba passando desapercebida pela população por se dar nos subsolos. Os trabalhos já eram extensos o suficiente, então o domingo 12 nasceu com mais chuvas torrenciais, trazendo novos desafios. Neste dia, as equipes estiveram de prontidão nas zonas afetadas logo às 4h da manhã, atendendo a população, auxiliando no resgate de populares com maquinários, trabalhando juntamente da prefeitura para minimizar os novos estragos. A cidade mal havia se recuperado de um pesadelo, outro nascia. Neste dia, novamente, trabalharam ininterruptamente por aproximadamente 20h, fazendo o revezamento dos funcionários.

Os trabalhos mais intensos continuaram durante a semana, assim como foi a partir dos eventos do primeiro domingo de março (05), onde novamente foi necessário realizar estudos de danos para iniciar os reparos. Foram vistoriados todo os sistema de abastecimento de água do município, bem como toda a rede de esgoto, parando pontualmente os locais que necessitaram de reparos emergenciais e correções, concluindo os trabalhos o mais rápido possível para que o menor número de pessoas ficassem sem abastecimento de água ou sem funcionamento de esgoto. Bombas e máquinas estragadas passaram por reparos, as que foram possíveis; já as que sofreram avarias irreparáveis demoraram mais tempo visto a necessidade de peças de reposição.

Os trabalhos das equipes são muito maiores do que aparentam, a infraestutura pela qual a SAAE é responsável é incrivelmente grande e delicado, e os trabalhos são tão precisos que Bandeirantes conta com 100% de toda a água devidamente tratada, sendo a garantia da saúde e motivo de interesse por parte de outros municípios, que muitas vezes agendam visitas às nossas instalações, buscando melhorar seus próprios serviços. O sistema de esgoto, por sua vez, apresenta 98% de tratamento. É uma administração complicada, porém, pontual e com visão, mantida por equipes comprometidas e dispostas, que mostraram nestes dois dias que sua força vem de forte união.

 

 

Problemas ainda existem, mas trabalho não para.

 

Wagner Toma estava à frente do SAAE até o período das chuvas, tomando decisões com suas equipes e auxiliando tanto a prefeitura quanto a população nos momentos mais severos enfrentados pela cidade nos últimos anos. Ele deixou o cargo de Diretor do SAAE hoje, dia 20, e seu cargo foi preenchido por José Fernandes da Silva Neto, que manterá a porta aberta para diálogos com a prefeitura, da mesma maneira que seu antecessor fez. Wagner, por sua vez, é o novo chefe do setor de Engenharia, decisão tomada para que possa auxiliar o SAAE de outra maneira: criação de projetos sobre as necessidades do município, o que permitirá receber recursos do Estado para amenizar os prejuízos decorrentes das enchentes.

 

Muito trabalho, mas a população só tem a ganhar.

A tríade José Fernandes da Silva Neto possui graduação em Tecnologia Mecânica pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Mestre em engenharia mecânica pela Unesp Bauru. Atualmente é coordenador do curso de graduação em Engenharia Mecânica, Engenharia de Produção, Engenharia Elétrica, Arquitetura e Urbanismo e coordenador dos cursos EAD  na Universidade Pitágoras Unopar Anhaguera - Bandeirantes PR Também é professor do Centro Estadual de Educação Profissional de Bandeirantes - PR, no curso de Técnico em Mecatrônica estando com contrato de PSS. Foi professor temporário da UTFPR Cornélio Procópio. Tem experiência na área de Engenharia Mecânica, com ênfase em Processo de Fabricação, é auditor líder das normas ISO9001 (Qualidade), ISOTS16949 (Qualidade e Sustentabilidade), ISO14001 (Meio Ambiente), OHSAS18001 (Saúde e Segurança do Trabalho), SA8000 (Responsabilidade Social). Junto com Wagner Toma e Jaelson Ramalho Matta compõem, entre si, grande frente de combate aos prejuízos e em defesa da sociedade. Com as forças, vontades e expertises somadas, a cidade ultrapassará este período com o menor drama possível, deixando o sofrimento para trás. Enquanto José Fernandes da Silva Neto mantém seguro o sistema de água e esgoto e Wagner Toma realiza projetos para tudo o que sofreu avarias, o prefeito tem forças para conversar, em Curitiba e Brasília, sobre os danos, negociando recursos conforme apresenta projetos e mantém a certeza da saúde popular e pleno funcionamento dos sistemas de água e esgoto, bem como sua manutenção. Esse é um trabalho constante, e ocorre por ser um sistema antigo, porém, muito funcional, ainda mais quando sob tutela da experiencia e empenho.

 

 

 

Redação: Róger D. T. Demétrio e Talitha Dalacosta.

Para mais notícias acesse o nosso site: https://www.bandeirantes.pr.gov.br ou ligue para 3542-4525.

Sugestões ou reclamações entre em contato com a ouvidoria 3542-7482.

Prefeitura Municipal  de Bandeirantes, trabalhando pra você.

Facebook Twitter WhatsApp Imprimir

698 Visualizações

Notícias relacionadas

Voltar para a listagem de notícias

CALENDÁRIO DE EVENTOS

ACOMPANHE-NOS

UNIDADES FISCAIS

Fique por dentro dos índices - ver todas

Nenhuma unidade fiscal cadastrada no momento!

Versão do sistema: 2.0.0 - 16/02/2024

Portal atualizado em: 20/02/2024 17:05:19

Prefeitura Municipal de Bandeirantes - PR.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.